Sobre Risco da Exposição a Vibração:


Durante o contato humano com a superfície de máquinas vibratórias, as vibrações mecânicas são transmitidas diretamente ao corpo humano, afetando os tecidos individuais ou mesmo todo o corpo, mãos e braços. A vibração que afeta os seres humanos é chamada de vibração humana (Human Vibration) e é dividida em vibração de corpo inteiro (WBV) e de mão e braço (HAV).

A vibração de corpo inteiro é transmitida pelo assento ou pelos pés dirigem-se máquinas móveis ou outros veículos de trabalho, sobretudo em vias superfícies irregulares e rugosas. Grandes choques e solavancos podem causar riscos à saúde, incluindo dores nas costas, avaliados com o Crast factor (Fator de Crista) cujo melhor descritor nesses casos é o VDV.

A medição da vibração de corpo inteiro é realizada em condições típicas de trabalho e necessariamente são mais precisas quando se trabalha com o Tempo Efetivo, isto é, quando os funcionários realizam efetivamente tarefas exposto a vibrações que fazem parte de sua rotina normal, como a exploração habitual de uma ferramenta, máquina ou dispositivo. Cada atividade selecionada realizada pelo funcionário, a aceleração da vibração ponderada é medida em três direções mutuamente perpendiculares: awx; awy; awz. A avaliação do nível de exposição à vibração é baseada no cálculo da exposição diária A (8) ou AREN expressa como aceleração contínua equivalente durante um período de oito horas, calculada como o valor mais alto (RMS) ou o valor mais alto da dose de vibração (VDV ) das acelerações ponderadas em frequência na Europo, sendo que no Brasil o critério ainda é mais conservador com a combinação dos valores determinados nos três eixos ortogonais (1,4awx, 1,4awy, awz para um trabalhador sentado ou em pé), de acordo com a norma ISO 2631-1 (1997) e NHO-09 da FUNDACENTRO. A aplicação da ponderação 1.4 nos eixos x e y está associada ao maior risco de efeitos negativos das vibrações horizontais para a saúde humana para vibrações WBV.

Os App(s) VibAdvisor da 3R Brasil Tecnologia Ambiental pode ser aplicados atendendo estas normas facilitando a auditoria dos dados de medição possibilitando ainda avaliar medidas de controle e combinações de tarefas diárias ou semanais.


A nova Geração de Equipamentos de Medição:


A nova geração de medidores de exposição a vibração de corpo inteiro são sem fio e com GPS, adequado para medições de corpo inteiro em meios de transportes, atendendo a NHO-09 e com ponderações de acordo com a ISO 2631-1 e a Diretiva 2002/44 / CE do Parlamento Europeu. Adequado para fazer medições no banco e no encosto, os dispositivos usam a mais recente tecnologia identificando célula de carga o colaborador e iniciando a medição sem os erros de saturação, com a medição em função do tempo efetivo de exposição a vibração.


O SV 100A da Snantek, por exemplo, permite a correlação de dados de GPS com os dados de vibração e os plota em um mapa, onde a cor indica magnitudes de vibração. Esta solução simples fornece uma ferramenta poderosa para projetar a exposição à vibração A (8) em relação à velocidade do veículo e às condições da estrada. É totalmente configurável com o software Supervisor. Pode ser rápida e facilmente configurável para todos os filtros de ponderação exigidos pelas normas ISO para a estimativa dos efeitos da vibração na saúde, conforto, percepção e enjôo.